El árbol del Pistachio, também conhecido como Alfóncigo Moderno o Pistacia vera, foi plantado por primeira vez em Ásia ocidental. Su cultivo se extendió ao mundo mediterráneo pasando por Irán Central, onde ha sido durante años, o maior produtor de este fruto. 

Segundo alguns manuscritos, se sabe que na época romana, na Península Ibérica já é consumado os pistachos, mas foi mais na série quando foi iniciado um extensor em cultivo em nosso país, e as condições meteorológicas son propicias para su cultivo.
 
Se trata de uma árvore que aguila muito bem as condições extremas, podem soportar uma oscilação de temperatura que vêm desde os menos dez grados até os cuarenta grados. Donde no se desenvolve bem é en suelos muy húmedos, você está com raiz do risco de pudrirse.
 
Entre os principais benefícios que o pistacho aporta são humanos são a vida sexual, a função orgânica e o desejo sexual. Também reduza o risco de sofrer doenças do coração. Es o melhor fruto seco contra a diabetes e ajuda a controlar o peso e reduzir a tendência à obesidade, favorecer a vista, melhorar e regular o trânsito intestinal e mantienen os dientes fuertes, es decir, filho todas as vantagens as que este delicioso fruto seco aporta al ser humano.
 
Últimamente, o pistacho, está chamando a força das portas da agricultura andaluza. Las provincias com climas mais fríos -como Jaén o Granada e inclusive as zonas altas de Málaga e Almería, onde há uma série de plantas mais antiguas de Espanha, com mais de 40 anos - foram as primeras em iniciarse em este cultivo, al que agora são importantes agricultores de Córdoba e Sevilla.
 
Entao, a iniciativa com a mão de uma empresa, Pistachos del Sol, que não tem como iniciado a plantação, na vega de Carmona, de 160 hectares, que tem previsto abrir na zona uma planta de recolida de frutos com a que é o serviço aos agricultores que, segundo prevén, são de um aporta com pistachos. Por agora, Jaén é a provincia em donde mais ha calado o cultivo, com 250 hectáreas de las 700 que se calcula que hay ya em Andalucía